.

.

FPT Industrial

Saltos de tirar o fôlego e um mar de emoções! A FPT Industrial é Parceiro Técnico Oficial da Final do Red Bull Cliff Diving World Series

Você mergulharia no mar de uma altura de 9 andares? Provavelmente não, mas para os e as atletas que participaram do Red Bull Cliff Diving World Series, o campeonato mundial de saltos de penhasco, isso é absolutamente normal. E para o público, um espetáculo de tirar o fôlego. Ainda mais nesse ano, graças à participação, no papel de Parceiro Técnico Oficial, da FPT Industrial na última rodada de qualificação e na final, ocorridas em Polignano a Mare (Bari, Itália) nos dias 21 e 22, e 25 e 26 de setembro, respectivamente.


CCriado e organizado pela Red Bull desde 2009, o circuito Red Bull Cliff Diving World Series é uma competição em que um número estritamente limitado de atletas, divididos nas duas categorias Divers e Wildcard Divers, salta de uma plataforma localizada a alturas que vão de 26 a 28 metros acima da superfície da água./p>


Na arena natural espetacular de Polignano a Mare, já sete vezes teatro desse desafio vertiginoso e que é a “casa” europeia deste esporte, a competição teve um sabor ainda mais especial. Com efeito, depois de cada salto os concorrentes têm de percorrer o centro histórico da cidade a pé, atravessar a sala de uma casa particular e chegar novamente à plataforma montada em uma cobertura.


A FPT Industrial forneceu o barco que hospedou os membros do júri, um DC 10 construído pelo estaleiro Dellapasqua e equipado com dois motores FPT N40 250 E Common Rail alimentados a diesel com gestão eletrônica e quatro válvulas por cilindro, cada um deles de 184 kW, de baixíssimas emissões e níveis mínimos de ruído e vibrações, ideais para todos os tipos de embarcações de lazer de até 12 metros. Também o barco a partir do qual os mergulhadores puderam assistir ao desenrolar da competição, foi fornecido pela FPT Industrial. Trata-se, neste caso, de um modelo Maine 530 construído pela Cantieri Estensi, equipado com dois motores diesel FPT N67 450 N de 331 kW, que oferecem desempenhos excelentes, peso e tamanho limitados, além de um impacto ambiental reduzido. Eles também são ideais para todos os tipos de embarcações de lazer de até 17 metros.


A Marca também participou do evento com um estande na Vila da Hospitalidade, onde expôs a verdadeira joia da sua gama de motores marítimos: o C16 1000 de 735 kW, detentor do recorde mundial de velocidade na água, estabelecido em março de 2018 no Lago de Como 277,5 km/h.


DESCUBRA MAIS NO FPT WEBCAST.




Outubro 19, 2021
Saltos de tirar o fôlego e um mar de emoções! A FPT Industrial é Parceiro Técnico Oficial da Final do Red Bull Cliff Diving World Series

Você mergulharia no mar de uma altura de 9 andares? Provavelmente não, mas para os e as atletas que participaram do Red Bull Cliff Diving World Series, o campeonato mundial de saltos de penhasco, isso é absolutamente normal. E para o público, um espetáculo de tirar o fôlego. Ainda mais nesse ano, graças à participação, no papel de Parceiro Técnico Oficial, da FPT Industrial na última rodada de qualificação e na final, ocorridas em Polignano a Mare (Bari, Itália) nos dias 21 e 22, e 25 e 26 de setembro, respectivamente.


CCriado e organizado pela Red Bull desde 2009, o circuito Red Bull Cliff Diving World Series é uma competição em que um número estritamente limitado de atletas, divididos nas duas categorias Divers e Wildcard Divers, salta de uma plataforma localizada a alturas que vão de 26 a 28 metros acima da superfície da água./p>


Na arena natural espetacular de Polignano a Mare, já sete vezes teatro desse desafio vertiginoso e que é a “casa” europeia deste esporte, a competição teve um sabor ainda mais especial. Com efeito, depois de cada salto os concorrentes têm de percorrer o centro histórico da cidade a pé, atravessar a sala de uma casa particular e chegar novamente à plataforma montada em uma cobertura.


A FPT Industrial forneceu o barco que hospedou os membros do júri, um DC 10 construído pelo estaleiro Dellapasqua e equipado com dois motores FPT N40 250 E Common Rail alimentados a diesel com gestão eletrônica e quatro válvulas por cilindro, cada um deles de 184 kW, de baixíssimas emissões e níveis mínimos de ruído e vibrações, ideais para todos os tipos de embarcações de lazer de até 12 metros. Também o barco a partir do qual os mergulhadores puderam assistir ao desenrolar da competição, foi fornecido pela FPT Industrial. Trata-se, neste caso, de um modelo Maine 530 construído pela Cantieri Estensi, equipado com dois motores diesel FPT N67 450 N de 331 kW, que oferecem desempenhos excelentes, peso e tamanho limitados, além de um impacto ambiental reduzido. Eles também são ideais para todos os tipos de embarcações de lazer de até 17 metros.


A Marca também participou do evento com um estande na Vila da Hospitalidade, onde expôs a verdadeira joia da sua gama de motores marítimos: o C16 1000 de 735 kW, detentor do recorde mundial de velocidade na água, estabelecido em março de 2018 no Lago de Como 277,5 km/h.


DESCUBRA MAIS NO FPT WEBCAST.