A FPT INDUSTRIAL RENOVA E EXPANDE SUA PARCERIA COM O POLITÉCNICO DE MILÃO E SUA FUNDAÇÃO

Uma aliança entre a empresa e universidades para desenvolver os motores para o futuro: A FPT Industrial, marca da CNH Industrial líder mundial em projeto, produção e venda de propulsores para usos industriais, renovou sua parceria científica com o Politécnico de Milão e sua Fundação.


A apresentação do projeto de pesquisa, que continuará até 2019 e está concentrado em combustíve​is – diesel e Gás Natural – e nos sistemas de pós-tratamento (ATS), aconteceu no dia 4 de maio na Aula Magna do Politécnico de Milão na presença de Annalisa Stupenengo, Presidente da FPT Industrial, Ferruccio Resta, Reitor do Politécnico de Milão e Gianantonio Magnani, Presidente da Fundação do Politécnico de Milão e do Polihub.


Esta parceria está centrada nos motores para usos industriais que, no futuro, terão sempre um menor impacto ambiental. No centro do acordo entre a FPT Industrial e a Universidade de Milão há dois grandes vetores: combustão interna e sistemas de pós-tratamento (ATS) de gases de escape.


"Colaborar com um centro de excelência tecnológica e pesquisa como o Politécnico de  Milão é uma oportunidade para participar do crescimento das habilidades profissionais que, no futuro, contribuirão para nos permitir superar os desafios do mercado.”, afirmou Annalisa Stupenengo, Presidente da FPT Industrial, “A FPT Industrial, o Politécnico de Milão e sua Fundação trabalham em conjunto há vários anos. Com a renovação da parceria o objetivo é, mais uma vez, tornar esta ocasião uma verdadeira e útil oportunidade quer para os alunos da Universidade, quer para a própria FPT Industrial que, assim, confirma seu empenho permanente no apoio à pesquisa”.


“O reforço dos laços de parceria com grandes realidades empresariais foi sempre um dos objetivos de nossa Universidade”, afirmou Ferruccio Resta, Reitor do Politécnico de Milão. “Uma grande universidade tecnológica como a nossa é o local ideal para desenvolver sinergias e melhorar talentos acadêmicos e empresariais. Parcerias como essas - com a FPT Industrial - têm implicações importantes na inovação de um setor estratégico para nosso país como é o caso dos motores industriais”. 


“A Fundação do Politécnico de Milão trabalha há quase 15 anos para estreitar e fortalecer as relações entre universidades e empresas”, declarou Gianantonio Magnani, Presidente da Fundação do Politécnico de Milão e do PoliHub, incubadora do Politécnico de Milão. “A parceria com a FPT Industrial, renovada com este novo acordo, prova que uma visão comum entre pesquisa e indústria é o verdadeiro motor da inovação: é um percurso de confiança que responde às exigências do mercado e desafios colocados pelo ambiente”.


As atividade do projeto serão coordenadas pela FPT Industrial (por meio de seus Centros de Pesquisa e Desenvolvimento de Turim e Arbon, na Suíça) e coordenada em parceria com o pessoal do Departamento de Energia do Politécnico de Milão, em particular com os grupos de pesquisa ICE (motor de combustão interna) e LCCP (Laboratório de catálise e processos catalíticos).